Eu participo

Meus amigos são bem vindos

Contador

Quem me seguem




Quem sou eu?
A Voluntária da Paz
Nasci no dia 18/08/1964

Sou alguém a procura do Amor em Cristo...
Isso é claro que temos!
Mas para que isso faça valer apenas temos que renunciar o mundo de ilusões.
e levantar a bandeira da Justiça e seguir em frente em favor ao amor em Cristo.
Luto em defesa dos idosos, dos animais, das crianças, e de mulheres que estão desamparada pelo seu próprio destino que no qual ela colocou em seu sub consciente que é uma fracassada .
Creia que Cristo é resposta para tudo em sua vida, vá em uma igreja evangélica e procure Jesus Cristo tenho um encontro realmente com Deus e sirva a Deus e ame o acima de tudo!
e verás a vitória em sua vida.
Cristo te ama e tbm. te chama.
E minha finalidade nesse blog. é : defender o Eco sistema, as crianças, os idosos, os animais em geral.
Assim sou eu.
Voluntária do amor em Cristo!

esse blog nasceu:
15/04/2009
com
Mariza Maravilha








click

click
sou eu mesma

Meu link

:: LINK-ME ::

Award com carinho

:: Award ::

Esses blogs são meus amigos

Eu amo esses blogs

MIMOS CARINHOSOS DO MÊS DE ABRIL2010

Obrigado amada Sandra
Selinhos da Páscoa 2010

selinhos dos meus seguidores

quinta-feira, 16 de abril de 2009

... Ser delicado...





Ser delicado é possuir alma de criança,
É se emocionar ao ouvir o marulho do mar É conversar com as paredes... É sentir a pureza de uma rosa, É ouvir o cantar dos pássaros e Se transportar ao sonho... É admirar a liberdade das borboletas, Seu colorido e a suavidade de seu toque nas flores... É ouvir o sussurrar do vento É perceber na musicalidade da chuva, O sentido da vida... É entender que as nuvens negras passam, E logo ao amanhecer, Nasce o sol com seus raios multicoloridos Nos mostrando.... Que vale a pena viver! Quinta feira abençoada para vocês ! Mil beijos..

A Voluntária

2 Comments:

Vivian Sbrussi said...

oiii!!!
passei por aqui!!!

lindo o seu blog!

=D

Palmeirinha a gata da Maravilha said...

olá amiga quanto tempo sumiu!!!!
parabéns por nos lembrar das nossas árvores.